segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Puberdade Afeta #4 Relacionamentos

                 É tácito destacar (começou bonito) que toda discussão é passível de solução quando se trata de Garotas.
                Quem nunca teve seu primeiro amor, paixonite, amizade colorida, que atire a primeira pedra. Aquela garota que foi tão difícil, tão difícil, que até parece mentira. Já foram gabolas (mentirosos) alguma vez. Então já é muito velha aquela piada:
- Cara, eu to namorando a Fulana.
- E ela sabe disso?


                Não é tão frustrante como ao descobrir que papai Noel era uma farsa, ou a fada do dente que nunca pegou nossos dentes (não que eu acreditasse nisso), mas podemos comparar à situação acima.

 
                Mulheres manipulam, mas um dia descobrimos que namoro não se trata de troca de carinho, dedicação, fidelidade faz parte. rs, mas de uma relação em que cada ser tenta adotar superioridade no outro. Nas brigas, nenhum está errado, e os motivos são os mais fúteis que se possa imaginar.
                Entretanto, as garotas têm uma falha! O cérebro delas possui um embaralhado de fios que se conectam a todos os assuntos num mesmo instante.  Elas não param de analisar, criticar, pensar (pra poucas), enfim, incrível máquina de tortura (Saw).
                Não consegui descobrir até hoje como as garotas conseguem, em questão de segundos, analisar a roupa e corpo de alguém, e localizar o mínimo defeito possível (acreditem: Numa simples “olhada”).
                Namorar sério está ficando cada vez mais difícil. Inventaram o tal celular, que pra nada serve, nas horas mais importantes dá caixa postal. E quando conseguimos a bendita ligação, não temos certeza de NADA:

-Até que enfim você atendeu amor!
-Aah é que eu tava tomando banho. (musica de boate)
-E que barulho é esse?
-É o som do computador que eu coloco pra tomar banho. (Tufo-tufo-tufo... panpanamericano)




Cinco horas da manhã, ela quer ligar pro boi... Escolhe as operadoras Claro, Vivo, Tim e Oi. (8)
                                                                                                                                             (Chicabana)




               

                 Não existe garantia de nada, pensem bem em quem você está confiando. Aqui não ensinamos a largar seus namorados(as), mas que tomem cuidado, com a facilidade da nossa juventude.
                Eu vou juntar o meu dinheiro, e comprar um terreno em Marte. Sem gente, sem bicho, sem planta, sem carro, sem computador. Eu e a imaginação vamos morar no vazio. Sem dor de cabeça chifre pra coçar.                                                                                                                                                                             
Autor: Lucas Lima

5 comentários:

  1. Cara, tem que namorar alguem que se confia .. se não a casa cai .

    - Tou namorando ..
    - ela já sabe ? HAUSHUASAS ..

    Rachei ..

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente...
    (Lembrando: O post é Fictício)

    ResponderExcluir
  3. Caracas doido ..
    -É o som do computador que eu coloco pra tomar banho. (Tufo-tufo-tufo... panpanamericano)
    Morri aqui de rir UAHSUAHSUAHS'

    Confiar desconfiando seria a melhor opção..=/

    ResponderExcluir